NOTÍCIAS

Acontece na FAP

Fundação Justus vai implementar projeto piloto no combate a violência contra a mulher

A Funda��o Justus firmou assinou na �ltima segunda-feira (28) conv�nio com a equipe da StageRun, sobre a aplica��o Bertha, um projeto que tem como objetivo combater firmemente a viol�ncia contra a mulher. O objetivo da Funda��o � implementar um piloto no munic�pio de Piracanjuba e cidades da regi�o.

Para o presidente da Funda��o, professor Dr. Milton Justus a iniciativa vai de encontro com as a��es previstas no trabalho que est� sendo desenvolvido pela entidade.

?Temos, ao longo dos �ltimos meses buscado parcerias que proporcionem a realiza��o de um trabalho que atenda, n�o apenas as fam�lias em situa��o de vulnerabilidade, como tamb�m a��es voltadas a educa��o, cultura e esporte. Nossa preocupa��o � realizar trabalhos que contribuam, por exemplo com a elimina��o de toda e qualquer forma de viol�ncia, principalmente contra as mulheres. O trabalho realizado pela Bertha tem este proposito e nos enche de orgulho esta importante parceria?, afirmou. 

O projeto foi desenvolvido por uma equipe multidisciplinar que se baseou em tr�s pilares para formata��o e implementa��o das ferramentas de combate, den�ncia e acompanhamento da viol�ncia dom�stica.

O primeiro pilar diz respeito a informa��o, ou seja, por meio de materiais impressos e online, distribu�dos nas redes sociais, site, entre outros canais, a equipe divulga informa��es referentes a todo e qualquer tipo de viol�ncia e abuso que as mulheres est�o sujeitas, por exemplo. Com base no material informativo as v�timas poder�o ainda identificar que tipos de viol�ncia est�o sendo submetidas, como: viol�ncia dom�stica, patrimonial, f�sica, psicol�gica, entre outras.

O segundo pilar � proporcionar um ambiente seguro para que as v�timas possam realizar a sua den�ncia, por meio de aplicativo e locais estrat�gicos da cidade, como farm�cias, supermercados igrejas – locais estes que seriam respons�veis para recebimento das den�ncias de forma segura e com toda privacidade necess�ria. Para que estes locais possam receber as v�timas de viol�ncia, os funcion�rios seriam treinados para acolher a v�tima e a partir desta den�ncia ser encaminhada para a assist�ncia social e para a delegacia para os tramites legais. Desta forma a v�tima n�o precisaria ir na delegacia nem baixar o aplicativo que seu agressor poderia ter acesso.

J� o terceiro e �ltimo pilar refere-se as den�ncias propriamente ditas. Onde � formatado um banco de dados que � entregue e disponibilizado para o poder p�blico, para que seja, por exemplo, fomentadas pol�ticas p�blicas e inser��o destas v�timas na sociedade, a partir de relat�rios que contenham o perfil socioecon�mico, idade, bairros onde h� mais viol�ncia, entre outros fatores analisados.

Participaram da reuni�o os respons�veis pelo Projeto Bertha: Hudson Rafael, Paulo Andr� Teixeira e Gabrielle Andrade, al�m dos diretores da Funda��o Justus, Dr. Marlon Reis, Selma Justus, Daniele Lopes, Jaqueline Mendon�a.

Quer saber mais sobre a FAP?